Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
Evento discute desafios da Medicina em João Pessoa Imprimir E-mail
Ter, 08 de Outubro de 2019 09:55

Entre 15 e 19 de outubro CRM-PB promove comemorações alusivas ao Dia do Médico, com debates sobre o ato médico e a identidade de gênero, saúde profissional e pressões da vida acadêmica

A categoria médica é uma das profissões mais acometidas pela Síndrome de Burnout, um estresse laboral crônico. Estudos relatados pela Câmara Técnica de Psiquiatria do Conselho Federal de Medicina (CFM) mostram que 48,5% dos médicos descreveram sintomas da síndrome em algum momento profissional. Para discutir o profissional da Medicina em sua forma integral, inclusive sua própria saúde, o Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) vai realizar uma extensa e diversificada programação para comemorar o Dia do Médico.

A programação terá início no dia 15 de outubro e segue até o dia 19, na sede do CRM-PB, em João Pessoa. Durante estes dias haverá debates em três mesas redondas, realização do Fórum de Segurança para o paciente, lançamento de dois livros, além de apresentações de música, exposição de fotografias e pinturas e artes cênicas. PROGRAMAÇÃO COMPLETA AQUI

O ato médico frente às novas identidades de gênero, o profissional médico nas dimensões espiritual, psicológica e somática, as pressões da vida acadêmica, além das expectativas do sonho de ser médico contrapostas à realidade são alguns temas que serão debatidos durante estes dias.

"Resolvemos fazer uma programação ampla e variada que contemple o profissional médico como um ser humano integral. Os médicos padecem de estigmas e expectativas sociais, tendo suas doenças e fragilidades não discutidas. Por isso, precisamos parar e pensar também em nossa saúde e qualidade de vida. Durante esses dias, vamos debater temas interessantes não apenas para os médicos, mas também para os estudantes de Medicina, que padecem de pressões, estresse e incertezas desde a faculdade”, destacou o presidente do CRM-PB, Roberto Magliano de Morais.

A programação alusiva ao Dia do Médico terá início, no CRM-PB, às 19h do dia 15 de outubro, com uma exposição de fotografias e pinturas de crianças e jovens com Síndrome de Down, além da apresentação da Escola de Música Juarez Johnson do Espaço Cultural.

Na quinta-feira (17), o evento tem início às 16h, com a primeira mesa redonda, que contará com a participação dos coordenadores de cursos de Medicina da Paraíba e irá debater os seguintes temas: Por que escolhi Medicina; Sonho x Realidade (As pressões da vida acadêmica); e Perspectivas pós faculdade. A partir das 17h30, haverá a mesa redonda com o tema "Ser Médico e suas implicações em três dimensões - somática, psicológica e espiritual".

Já às 18h45 terá início o terceiro e último ciclo de debates, com o tema "O ser humano integral e sua identidade sexual", no qual será discutido o ato médico frente às novas demandas da identidade de gênero.

Na sexta-feira (18), data em que se comemora o Dia do Médico, a programação começará às 20h, com apresentação do Coral do Unipê e homenagens a médicos paraibanos. A obstetra e ginecologista Maria Celli Souto de Carvalho irá receber a Comenda Lucas pelos seus 50 anos de formação em Medicina. Já os médicos José Paulo Gomes, Manoel Jaime Filho e Ricardo Antônio Rosado receberão a Comenda Genival Montenegro Guerra, por seus relevantes serviços prestados à comunidade.

Após as homenagens, haverá o lançamento de dois livros de médicos paraibanos. Klécius Leite irá lançar a obra "Sementes de Mostarda: Oncologia de qualidade com humanidade (Humanidades Médicas)" e Orniudo Fernandes lançará "História da Sociedade Infectologia da Paraíba".

Já no sábado (19), será realizado o I Fórum de Segurança do Paciente - Uma visão transversal da segurança do paciente. Este evento é uma parceria do CRM-PB com o Ministério Público da Paraíba. Das 8h30 às 16h serão discutidos diversos temas como a responsabilidade dos gestores hospitalares, responsabilidade do diretor técnico, estratégias para uma assistência segura nas unidades hospitalares, dentre outros. Durante o Fórum também acontecerá a posse da Câmara Técnica de Segurança do Paciente.

Quem são os médicos da Paraíba

De acordo com a Demografia Médica do CFM, publicada ano passado, há na Paraíba 6.753 médicos, sendo que 60,8% (4.107) estão localizados em João Pessoa. Do total de médicos do estado, 47,5% são mulheres, o que coloca a Paraíba como o quinto estado brasileiro com a maior proporção de médicas. A média de idade dos médicos paraibanos é 47,5 anos, um pouco superior à média brasileira, que é 45,4.

Quanto à quantidade de médicos, a Paraíba é o segundo estado do Nordeste com a maior proporção de profissionais por habitantes. O Estado tem uma média de 1,68 profissionais por mil habitantes. Ou seja, são 6.753 médicos para atender mais de 4 milhões de pessoas. No país, essa média é de 2,18 médicos por mil habitantes. No Nordeste, a maior proporção é em Pernambuco, com 1,73. Já nas Capitais, essa proporção cresce bastante. Em João Pessoa, são 5,12 médicos por mil habitantes.

A Demografia Médica também quantificou dados sobre as Escolas de Medicina. Na Paraíba, são nove escolas, sendo três públicas e seis privadas. Juntas, oferecem 975 vagas por ano, uma média alta para um estado com 4 milhões de habitantes. Desta forma, na Paraíba há 24,2 vagas por 100 mil habitantes, enquanto que no país são 14,1 vagas por 100 mil habitantes. Das nove escolas paraibanas, quatro estão em João Pessoa e cinco no interior.

>PROGRAMAÇÃO COMPLETA AQUI

Última atualização em Seg, 14 de Outubro de 2019 16:54
 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

© PORTAL MÉDICO 2010 - o site do Conselho Regional de Medicina da Paraíba -Todos os direitos reservados
Av. Dom Pedro II, 1335 – Torre.  João Pessoa - PB | CEP. 58040-440 | Fone: (83) 2108-7200 | E-mail: crmpb@crmpb.org.br