Rede dos Conselhos de Medicina
CRM-PB inicia ação que irá fiscalizar todas as unidades básicas de saúde de João Pessoa Imprimir E-mail

distrito1-siteO Conselho Regional de Medicina do Estado da Paraíba (CRM-PB) fiscalizou 21 Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) do Distrito Sanitário 1 de João Pessoa. A ação faz parte de um programa de vistorias em todas as unidades básicas da capital paraibana, iniciado no mês de agosto e que se estenderá até dezembro deste ano. O objetivo é verificar as condições de atendimento à população e de realização do ato médico, averiguando os serviços prestados, os equipamentos disponíveis, estoque de insumos, medicamentos e equipamentos de proteção individual (EPIs), além da estrutura física e quantidade de médicos contratados.

Em João Pessoa, segundo dados da prefeitura, há 97 prédios de unidades básicas de saúde e 203 equipes de saúde da família atuando na atenção básica. As UBSFs do Distrito Sanitário 1 estão localizadas nos bairros Costa e Silva, Esplanada, Ernani Sátiro, bairro das Indústrias, Jardim Veneza, Cruz das Armas, Jardim Planalto, Funcionários, bairro dos Novais e Alto do Mateus.

“A cada mês vamos fiscalizar as unidades básicas de um dos cinco distritos sanitários de João Pessoa. Ao final do ano queremos produzir um grande relatório propositivo, mostrando as falhas, as qualidades e sugerindo ações e iniciativas que possam melhorar o atendimento da atenção básica à população de João Pessoa”, destaca o diretor de fiscalização do CRM-PB, Bruno Leandro de Souza.

Nas 21 UBSFs já fiscalizadas pelo CRM-PB, a equipe de fiscalização observou que, em grande parte, faltam equipamentos para o atendimento médico, a estrutura física dos prédios está deteriorada, com infiltração, mofo, mobiliário quebrado e enferrujado, com ambiente insalubre e condições precárias para o ato médico. Em algumas, não há nem espaço físico suficiente para o exame do paciente e, em várias, faltam médicos.

No entanto, algumas unidades, como a USF Integrada Verde Vida, no bairro das Indústrias, possui uma estrutura física adequada e EPIs suficientes. A USF Integrada Cruz das Arma I também apresenta uma boa estrutura física, em bom estado de conservação, com quatro consultórios amplos e espaço exclusivo para atendimento de casos suspeitos de covid-19.

O diretor de fiscalização do CRM-PB acrescenta que os 21 relatórios referentes às UBSFs do Distrito Sanitário 1 já foram entregues à prefeitura de João Pessoa e que as vistorias no Distrito Sanitário 2 já foram iniciadas. “Nosso objetivo é que os problemas sejam resolvidos para que a população tenha uma assistência adequada e os médicos um local digno de trabalho”, completou Bruno Leandro.

Última atualização em Qui, 23 de Setembro de 2021 10:52
 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner