Rede dos Conselhos de Medicina
ALPB concede maior comenda na área da Ciência a conselheiros do CRM-PB Imprimir E-mail

homenagem-al-internaA Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba (ALPB) concedeu a oito conselheiros do Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB), nesta quinta-feira (19), o Diploma Napoleão Laureano de Honra ao Mérito das Ciências Médicas, pela atuação no Programa Médicos Contra o Coronavírus. A propositura foi do deputado Taciano Diniz, que ressaltou a importância das capacitações promovidas pelo CRM-PB aos médicos paraibanos durante a pandemia, as visitas realizadas às unidades de saúde de todo o estado, o monitoramento dos casos de covid-19 e a apresentação de soluções aos gestores.

Foram agraciados com o diploma que é a maior comenda da ALPB na área da Ciência, o presidente do CRM-PB, João Modesto Filho, o ex-presidente Roberto Magliano de Morais, o vice-presidente Antônio Henriques, a segunda vice-presidente Débora Cavalcanti, o diretor de fiscalização Bruno Leandro de Souza, a secretária Luciana Trindade, o segundo secretário Walter Azevedo e o corregedor Klécius Fernandes.

“O CRM-PB realizou e vem realizando um grande projeto durante a pandemia de covid-19, que deveria ter servido de exemplo para os demais estados da federação. Os treinamentos dos médicos, com a padronização dos protocolos nas emergências e nas UTIs, com certeza, ajudaram na recuperação dos pacientes e na diminuição do número de óbitos. A pandemia ainda não acabou. Vamos continuar combatendo o vírus, seguindo a ciência, a medicina e incentivando a vacinação em massa”, destacou o deputado.

A segunda vice-presidente Débora Cavalcanti agradeceu ao deputado pela sensibilidade em destacar o trabalho realizado pelo CRM-PB e oferecer a homenagem aos conselheiros. “É uma honra muito grande receber este diploma. Antes mesmo de ser decretada a pandemia, o CRM-PB já estava atento e iniciou o trabalho de capacitação junto aos médicos”, disse.

Luciana Trindade também falou em nome dos colegas homenageados e agradeceu a honra pelo reconhecimento do trabalho do CRM-PB. “No início de 2020 criamos várias frentes de trabalho para combater o inimigo de todos, realizando as capacitações precoces, as visitas e o monitoramento dos leitos de hospitais. Passamos por momentos difíceis, angustiantes. É muito honroso para nós, conselheiros, recebermos esta homenagem. Aproveito para solicitar aos deputados desta Casa que olhem por nossos hospitais e pela saúde pública”, disse a secretária.

Walter Azevedo iniciou seu discurso de agradecimento falando das dificuldades enfrentadas pelos médicos no início da pandemia. “Não conhecíamos a doença, foi muito difícil. Até hoje ainda há dúvidas sobre a covid-19, por isso a luta continua. A pandemia ainda não acabou”, disse o segundo secretário. Por fim, ele leu os nomes dos 49 médicos paraibanos falecidos pela covid-19 desde abril de 2020 e prestou suas condolências aos familiares.

Em seguida, o diretor de fiscalização e segundo tesoureiro, Bruno Leandro de Souza, falou sobre a satisfação do reconhecimento pela ALPB de um projeto em benefício da saúde pública da Paraíba. Ele e Antônio Henriques percorreram 26 mil km da Paraíba visitando mais de 130 unidades de saúde. “Desde a primeira visita, o Conselho assumiu uma missão que foi além da sua função: assumimos o compromisso perante os médicos e a sociedade, de garantir condições dignas de trabalho e um bom atendimento à população. Trabalhamos em parceria com os gestores, cobrando o que era necessário, mas também apontando soluções”, afirmou.

O corregedor Klécius Fernandes também agradeceu o recebimento do diploma à ALPB, estendendo os agradecimentos aos conselheiros do CRM-PB, aos médicos paraibanos e a Deus. “Este diploma é de todos que estão no combate contra a covid e, especialmente, aos colegas médicos que faleceram durante a luta”, disse. Ele ressaltou que o CRM-PB esteve sempre de mãos dadas com os médicos, buscando soluções que diminuíssem o sofrimento de profissionais e pacientes. “Enquanto o mundo se isolava do vírus, nós médicos nos lançamos na guerra contra o inimigo invisível. O dia de hoje, de reconhecimento deste nosso trabalho, ficará para a História”, finalizou Klécius.

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner