Rede dos Conselhos de Medicina
CRM-PB dialoga com médicos e gestores para intermediar resolução de problemas no atendimento pediátrico do HUJB Imprimir E-mail

cajazeiras2022O corregedor do Conselho Regional de Medicina do Estado da Paraíba (CRM-PB), Klécius Leite, visitou o Hospital Universitário Júlio Bandeira (HUJB), em Cajazeiras, para avaliar o atendimento pediátrico na unidade de saúde, na última segunda-feira (10). Na semana passada (quarta, dia 5), os diretores do hospital relataram à diretoria do CRM-PB, em uma reunião virtual, que estavam preocupados com a quantidade insuficiente de pediatras para preencher a escala de plantão do HUJB, já que houve um grande aumento da demanda de pacientes com sintomas gripais.

Conforme Klécius Leite, o hospital possui uma boa estrutura para atendimento da população e nenhum paciente deixou de ser atendido, apesar do aumento de atendimentos nos últimos dias. “Um dos problemas é que as unidades básicas de saúde não estão fazendo o atendimento inicial de crianças com sintomas gripais e, assim, todos estão procurando atendimento no HUJB. A grande maioria dos casos que chegam ao hospital são de atendimento primário, ou seja, eram para ser feitos nos PSFs”, explicou o corregedor.

cajazeiras2022-drkleciusKlécius Leite ressaltou que, apesar das boas condições de atendimento do hospital, é preciso organizar a rede local e as unidades básicas de saúde precisam cumprir o seu papel na atenção primária. “Os diretores do hospital já estão em entendimento com a Secretaria Municipal de Saúde e a Prefeitura para resolver o problema da regulação de pacientes”, completou.

De acordo com dados do HUJB, nos anos de 2019 e 2020, a média de atendimentos no hospital era de cerca de 70 consultas diárias. Nos primeiros cinco dias de 2022, foram mais de 400 atendimentos e apenas 10 eram casos que necessitavam de cuidado hospitalar, sendo três internações. Desta forma, os diretores informam que é importante a população procurar as unidades básicas de saúde de seus municípios para evitar a superlotação do hospital e fragilizar a qualidade de assistência.

Última atualização em Qui, 13 de Janeiro de 2022 16:40
 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner