Assembleia aprova Relatório de Gestão por unanimidade Imprimir
Sáb, 27 de Junho de 2020 15:25


O relatório de gestão e a prestação de contas do exercício de 2019 do CRM-PB foram analisados e aprovados por unanimidade durante a Assembleia Geral, realizada no dia 26 de junho, por videoconferência. A reunião online contou com a participação da diretoria e de conselheiros da entidade.

Na ocasião, o presidente do CRM-PB, Roberto Magliano de Morais, falou sobre as atividades institucionais, fiscalizações, eventos, cursos de educação médica, reuniões e posses de educação médica realizadas pelo Conselho no ano passado. O tesoureiro do conselho, Álvaro Pontes, apresentou a prestação de contas do ano 2019.

“O ano de 2019 foi de intensas atividades. Através de ações de fiscalização, judicantes, cartoriais e de educação médica continuada, o CRM-PB procurou defender o bom conceito da profissão médica e a boa prática da Medicina”, destacou o presidente do CRM-PB, Roberto Magliano de Morais, durante a reunião. ⠀

No ano passado, o CRM-PB realizou 297 fiscalizações em unidades de saúde públicas e privadas de todo o Estado e interditou, para garantir as condições mínimas seguras para a assistência aos pacientes, preservando o ato médico e a segurança dos profissionais, 17 serviços. Uma das ações inovadoras foi a elaboração e apresentação do Dossiê da Saúde à imprensa e sociedade. A partir dos dados do Departamento de Fiscalização, a diretoria da autarquia mostrou o caos e a precariedade nos principais hospitais e unidades básicas de saúde paraibanos.

Entre as ações institucionais, destacam-se a adoção de medidas que resultaram em redução de custos e, ao mesmo tempo, contribuíram para o crescimento e o melhor funcionamento da instituição. Para que seus objetivos fossem alcançados, foi elaborado um planejamento estratégico. Outras ações importantes foram a reforma na delegacia de Campina Grande, a criação da Câmara Técnica de Segurança do Trabalho e a campanha de doação para desabrigados.

A diretoria do CRM-PB participou de reuniões e audiências com autoridades, no sentido de melhorar o ambiente laboral, as condições de trabalho dos médicos paraibanos e cobrar as ações necessárias para um melhor atendimento à população do estado. O conselho também esteve presente em discussões nacionais como o Revalida, o programa Médicos pelo Brasil, Telemedicina, participando de todas as reuniões de presidentes de Conselhos e realizando 12 sessões plenárias no ano com seus conselheiros e reuniões semanais com a sua diretoria.

Em 2019, o CRM-PB promoveu 107 eventos com o objetivo de discutir com a classe médica e estudantes de Medicina temas relevantes à sociedade, ressaltando, além de conteúdo técnico, o humanismo e a cultura. Representantes do Conselho também participaram de diversas ações externas, promovidas por outras instituições, sempre com o interesse de tentar melhorar o ambiente laboral, as condições de trabalho dos médicos paraibanos e cobrar as ações necessárias para um melhor atendimento à população do estado.

Com o Projeto de Educação Médica Continuada, foram oferecidas diversas capacitações, entre cursos, simpósios e encontros, nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Cajazeiras, Sousa e Patos, oportunizando atualização científica gratuita aos médicos do Estado.

O CRM-PB também deu posse a seis Comissões de Ética de hospitais paraibanos. Prolongamentos do Conselho, as comissões têm o papel de educar, fiscalizar, prevenir, conciliar e se necessário, abrir sindicâncias.

Em 2019, 897 médicos se inscreveram no CRM-PB, totalizando 8.195 médicos ativos no estado. No setor da Corregedoria, foram instauradas 124 sindicâncias, sendo 92 julgadas e 5 recursos ao CFM. Quanto aos processos éticos, foram instaurados 10, julgados 31 e um foi recorrido ao CFM.

Última atualização em Sáb, 27 de Junho de 2020 15:35